DIA 1º DE JUNHO DE 2017 (Quinta-feira)
LOCAL: Teatro da Urca


08h

Credenciamento e boas-vindas



09h

Abertura oficial do Congresso



10h – Palestra

Tema: Formando Leitores Dentro da Escola e de Casa: Caminhos para aproximar crianças e jovens dos livros
Palestrante: Ilan Brenman

Ilan Brenman é considerado um dos principais escritores de literatura infantil do Brasil recebendo o prêmio pela FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infanto-Juvenil) de Melhor Livro pra Criança de 2011, pelo livro “O Alvo”, Ed Ática.

Mestre e Doutor pela faculdade de Educação da USP, bacharel em psicologia pela PUC de São Paulo. Ele publicou mais de 60 livros (alguns premiados e traduzidos no exterior: Espanha, Coreia, México, França, Dinamarca, Suécia, Polônia e Itália), circula pelo Brasil há quase 20 anos ministrando palestras, cursos e prestando consultorias nas áreas educativas e culturais. Em 2011 se tornou colunista da Revista Crescer onde debate assuntos ligados à educação e cultura. Em 2014 e 2015 estreou dois boletins semanais na Rádio CBN falando sobre Educação e Literatura.

Ementa: Ilan Brenman convida os participantes para um reflexão de extrema importância nos dias atuais, como formar leitores num país continental como o Brasil. Como realizar essa tarefa? Quais as ferramentas necessárias? Quais as consequências do fracasso ou do sucesso dessa empreitada? Estas e outras questões são abordadas pelo palestrante, sempre com muitas referências culturais e muito dinamismo para explicitá-las



11h30 – 13h30

Intervalo para o almoço



maria-cristina13h30 – 14h30

Tema: Educação de Mulheres Encarceradas
Com: Maria Cristina da Silva
Graduada em pedagogia com Mestrado e doutorado em educação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atuou como especialista na educação básica(Orientadora Educacional) da Escola Estadual Governador Milton Campos- BH/MG na execução de projetos e coordenação local da iniciação científica júnior. Professora de História da Educação da Universidade do Estado de Minas Gerais -UEMG. Possui experiência na área de Educação com ênfase em Avaliação da Aprendizagem, atuando principalmente com os seguintes temas: Alfabetização de jovens e adultos, mulheres com privação de liberdade.

davidson
Mediação: Davidson Sepini

Doutorando em Educação pela UNESP/Rio Claro; Mestre em Filosofia pela PUC/Campinas; Pós-graduado em Psicanálise, Filosofia e História Contemporânea; Graduado em Psicologia, Filosofia e Letras; Professor do Núcleo de Ciências Humanas da PUC Minas, campus Poços de Caldas.

 

Ementa: Discutir a condição da população feminina brasileira no cárcere a partir dos conceitos de interseccionalidade e vulnerabilidade social.



lorena14h30 – 15h30 – Mesa Redonda

Tema: Tecnologia na Educação
Participantes: Lorena Temponi Boechat Reis (IFSULDEMINAS)
Graduada em Ciência da Computação pela Universidade Vale do Rio Doce (2002) e Pedagogia pela Universidade de Uberaba – Uniube (2013), Especialização em Informática e Educação pela FAI (2003). Possui Especialização em Administração em Sistemas de Informação pela UFLA (2004), Especialização em Educação Inclusiva pela PUC (2009), Mestrado em Educação, Administração e Comunicação pela Universidade São Marcos (2005) e Doutorado em Engenharia Agrícola com ênfase em Processamento de Imagens e Sensoriamento Remoto pela UFV (2012). Atualmente, é docente no IFSULDEMINAS – Câmpus Poços de Caldas.

fabiano

Fabiano Teixeira
Doutor em Ciência da Computação pela USP, mestre pela UNICAMP e bacharel pela PUC Minas, possuindo experiência de mais de 20 anos na área de tecnologia da informação. Professor da PUC Minas há 11 anos, leciona disciplinas a distância desde 2009 e coordena o polo EAD de Poços de Caldas. Em 2012, fundou a Inovaz P&D, empresa de inovação que tem como principal produto o Soullab – Laboratório Virtual de Informática. A solução desenvolvida permite que aulas práticas de computação possam ser ofertadas a distância por meio da utilização da computação em nuvem.

Marcos Borges
Engenheiro, mestre e doutor pela UNICAMP. Seu doutorado, desenvolvido no NIED (Núcleo de Informática Aplicada à Educação) foi premiado como melhor tese de doutorado na área de informática na educação do Brasil em 2004. Atualmente é professor e pesquisador na UNICAMP, membro do NIED e coordenador do LIAG (Laboratório de Informática, Aprendizagem e Gestão). Orienta diversos projetos de pesquisa na área de informática na educação, com destaque para a área de ensino de programação para crianças e jovens. Atualmente coordena, conjuntamente com Mitchel Resnick e Leo Burd, do MIT, o projeto “Fostering Creative Computing in Brazilian Public Schools” (Promovendo a Computação Criativa nas Escolas Públicas Brasileiras).

Mediadora: Amanda Dazinger
Diretora da Elfutec – Escola para formação de usuários em tecnologia e conhecimento. Pós graduanda em educação corporativa, bióloga por formação, fui professora de ciências e biologia por muitos anos, onde desenvolvi o gosto pela educação aliada a tecnologia.

Ementa: A contribuição das tecnologias em uma aprendizagem transformadora da educação infantil até o ensino superior.. Experiências desenvolvidas em Poços de Caldas e suas contribuições para os desafios da sociedade contemporânea.

30 minutos de debate



16h – 17h30 – Palestra


rosana
Tema: Mediação de Leitura: o despertar da paixão
Palestrante: Rosana Mont’Alverne

Autora, editora e contadora de histórias, nasceu em Três Corações, Minas Gerais. Formou-se em Direito e fez Mestrado em Educação na UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais. É também especialista em Arte-Educação pela PUC de Minas e em Gestão de Pessoas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas.
É sócia-fundadora e publisher da Aletria Editora, especializada em literatura infantil e juvenil e presidente da Câmara Mineira do Livro. À frente da editora, gerencia a escola mais tradicional de Minas na formação de contadores de histórias, preparando educadores, bibliotecários e narradores para os diferentes processos da mediação de leitura.
Atua profissionalmente como contadora de histórias desde 1995, ministrando cursos de formação desde 2005, com material didático próprio, além de fazer apresentações em festivais nacionais e internacionais, escolas, teatros, empresas, feiras literárias, praças e bibliotecas. Criou o Projeto Encantadores de Histórias, que leva oficinas literárias a presídios mineiros desde 2004. É membro da Red Internacional de Cuentacuentos e do Conselho de Criminologia e Política Criminal do Estado de Minas Gerais, integrando a Comissão de Arte. Presidente da CML e Coordenadora-Geral do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca de MG (PELLLB MG), (mediação de leitura).



17h30

Trabalhos Científicos
Local: Salão Norte



20h – Palestra Master

Tema: Educação e Diversidade
Palestrante: Andréia Martins da Cunha
Pedagoga/Especialista em Psicopedagogia Clinica e Institucional
Mestra em Educação Escolar e Profissão Docente.
Coordenação de Educação das Relações Étnico-raciais /SEE-MG. Superintendência de Modalidades e Temáticas Especiais de Ensino.

30 minutos de debates



DIA 2 DE JUNHO DE 2017 (Sexta-feira)
LOCAL: Teatro da Urca


orru08h – 09h – Mesa Redonda

Tema: Inclusão e Direitos Humanos
Participantes: Sílvia Ester Orrú
Graduada em Pedagogia, pós-graduação em Psicopedagogia Clínica e Institucional, mestrado e doutorado em Educação. Pós-doutorado em Educação pelo Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferença (LEPED) da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp. É professora da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília – UnB. Atualmente é professora colaboradora na Universidade Federal de Alfenas – Unifal, Campus Poços de Caldas, MG e no Programa de Pós-graduação em Educação. Tem experiência na área de Educação com ênfase em formação para a docência com atuação nas seguintes áreas: ensino superior, formação de professores em cursos de licenciaturas, educação inclusiva, processos dialógicos inovadores e gestão educacional. Em sua trajetória no ensino superior atuou na área da docência, pesquisa e gestão em cursos de graduação e pós-graduação. É autora de livros, capítulos e artigos em periódicos nacionais e internacionais, membro do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferença (LEPED/UNICAMP) e coordenadora do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Aprendizagem e Inclusão (LEPAI/CNPq).

berenice

Berenice Maria Rocha Santoro
Possui graduação em Pedagogia, mestrado em Educação Especial e doutorado em Ciências – Psicologia. Atua como pedagoga no IFSULDEMINAS – Campus Poços de Caldas e já trabalhou como professora na educação básica e no ensino superior e em setores administrativos da educação. Em pesquisa, atua nas seguintes áreas: fundamentos da educação, psicologia educacional, educação especial, educação de surdos e análise de discurso.

renanRenan Antônio da Silva
Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual Paulista, UNESP – Rio Claro. Realizou estágio doutoral, em Lisboa, Portugal, na linha temática Gênero, Sexualidade e interseccionalidade (2015-2016). Foi bolsista (2014/2015) da Fundação para o Desenvolvimento da UNESP. É mestre em Desenvolvimento Regional (2014). Edita as revistas da PUCRS e Hominum. Recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais. Participou de mais de 120 bancas de graduação e especialização. Publicou 12 artigos científicos e 3 capítulos de livros.

30 minutos de debate

Ementa: A mesa terá como objetivo debater o conceito de inclusão/exclusão a partir de dispositivos teóricos que abordam o discurso pedagógico e os princípios que norteiam as discussões sobre direitos humanos. Para além da questão técnica, que possui contornos e limites, pretende-se discutir as particularidades e singularidades do sujeito aprendiz, os mecanismos de exclusão e as políticas públicas brasileiras que circulam no espaço escolar.



09h – 09h30

Apresentação de 3 trabalhos científicos



maria-claudia10h – 11h – Relato de Experiência

Tema: Educação em Tempo Integral
Palestrante: Maria Cláudia Prézia Machado
Pedagoga. Pós-graduada em Psicopedagogia, Gestão Escolar e Educação Inclusiva. Mestre em Desenvolvimento Sustentável e Qualidade de Vida.

Ementa: Esta palestra tratará da Educação Integral enquanto política pública educacional capaz de enfrentar as desigualdades sociais e educacionais na perspectiva da promoção da equidade e da construção de um caminho que garanta educação de qualidade para todos e todas.  Tratará também do papel da Educação Integral como possível transformadora do tempo, espaço e currículo de cada instituição educacional. Além da apresentação teórica serão realizados relatos de experiências sobre o tema.

30 minutos de debate



11h30 – 13h30

Intervalo para o almoço



mayra13h30 – 14h30 – Palestra

Tema: Formação de valores e recursos para o trabalho educativo com crianças e adolescentes sob a perspectiva da Logosofia
Palestrante: Mayra Castro de Miranda Araújo
Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Minas Gerais, com pós-graduação em Metodologias do Ensino Fundamental e Pedagogia Empresarial. Mestre pelo CEFET–MG, é conferencista e autora de artigos. Atua na área educacional há 30 anos.

Ementa: A infância é uma etapa importantíssima da vida do ser humano, etapa na qual o caráter se vai formando pelos estímulos que a criança recebe. A criança necessita de orientações precisas para a vida. A palestra tratará sobre a formação de valores e a correção inteligente da criança, promovendo reflexões sobre: corrigir ou repreender? Que recursos e técnicas utilizar para realizar uma correção inteligente? Como estimular o aluno a querer ser melhor? Como nos posicionar frente aos erros? O que seria educar para a formação de valores?



alex-wizard14h30 às 15h – Palestra

Tema: O impacto de um novo Idioma na vida de um indivíduo, adquirido através da Aprendizagem Ativa
Palestrante: Carlos Alexandre Feguilson

Bacharel em Desenho Industrial pela UFRJ. Pós-graduado em E.S.L. (Inglês como Segunda Língua) na Assabet Valley Vocational High School em Massachusetts, USA. Cidadão Brasileiro-Americano com residência nos EUA por 20 anos. Participou do processo de reconstrução de cidades nos Estados da Louisiana e Mississippi, EUA, após o furacão Katrina. MBA em Gestão Escolar, com trabalho sobre ¨Capital Humano na Gestão Educacional¨. Capacitação Neuro-linguística em Instrução de Inglês. Capacitação em Liderança Humana e de Resultados. Ensino da Língua Inglesa e Cultura Americana. Coordenador Pedagógico e Coach de Equipes, responsável pelo Treinamento Pedagógico-Motivacional e formação continuada de todo o corpo de colaboradores das Unidades Wizard de Poços de Caldas, Passos e São João da Boa Vista, com foco na inclusão da comunidade na Escola e resultados acadêmicos para os Educandos. Acredita na Motivação como geradora de resultados expressivos em um ambiente de trabalho sadio e com possibilidade de crescimento.

Ementa: Estudo sobre o impacto da aprendizagem de uma segunda língua. Vantagens do aprendizado de idiomas na qualidade de vida, incluindo questões econômicas e de saúde. Caracterização da Aprendizagem Ativa como metodologia de aprendizagem de idioma. Busca da compreensão do foco no aprendizado do educando, e não na docência. Reflexão sobre o papel do professor como facilitador junto ao processo de aprendizagem do aluno, priorizando aprendizagem vivenciada e não memorização.



15h – 15h30

Apresentação de 3 trabalhos científicos



ligia-menna15h30 – 16h30 – Palestra

Tema: Formação dos Professores: entraves e perspectivas
Palestrante: Lígia Regina Máximo Cavalari Menna

Doutora em Letras na área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo ( USP).  Docente e  coordenadora do Curso de Letras da Universidade Paulista (UNIP). Co-autora da coleção didática para Ensino Fundamental II, intitulada: Português: uma língua brasileira, , editora Leya (PNLD 2014) e do Especial Multimídia “ Literatura da Escola”, com Regina Figueiredo (Plataforma de Letramento: Plataforma do Letramento. Participa dos Grupos de Estudos pela CAPES:  “Encontros interculturais na EAD: Narrativas de Vida dos diferentes brasis”(UNIP) e “Produção Cultural para Crianças e Jovens (USP).

Ementa: A professora Lígia Menna convida os participantes a refletirem sobre a formação básica e contínua de professores em diferentes áreas, quer no contexto público, quer no privado.  Há certamente entraves, como a desvalorização da profissão , licenciaturas pouco consistentes e  insuficientes políticas públicas para sanar tais problemas. Mas será que não podemos  vislumbrar  perspectivas positivas nesse sentido? Quais iniciativas podem ser apontadas como eficientes? Eis alguns pontos para nossa reflexão.

 



17h – 17h30

Exposição dos trabalhos científicos
Local: Salão Norte



17h30

Encerramento oficial do Congresso e Lançamento do II Congresso Nacional de Educação de Poços de Caldas